Brinquedos favoritos

action figure

Dica do Amigo Revisor: Herança divertida.

revisor amigo dos pais de primeira viagemOntem entrei numa loja de brinquedos pra ver as modas (pra Milena e pra mim, confesso). Fiquei assustado, e não foi só com os preços, não. Havia coisas bem legais (e caras à beça), mas, em geral, brincavam sozinhas ou eram, digamos, sexistas. Eu explico: havia um conjuntinho de pá, vassoura, balde e demais acessórios pra uma boa faxina, tudo em escala pra vocês aí, papais e mamães de meninas, já irem criando uma boa dona de casa. Lamentável. Não sei o que é pior: as armas de brinquedo ou essas mensagens subliminares de gênero pros nossos filhos.

Mas estou viajando. Voltando ao assunto, não posso reclamar dos brinquedos “que brincam sozinhos”. Não sou tão velho assim, pessoal, tive muita coisa que acendia luzinha, falava, andava e eu só precisava ficar ali, olhando, além de torcendo, claro, pra pilha demorar a acabar. Porque pra fazer meus pais comprarem pilha era um martírio. Curiosamente, esses brinquedos não “sobreviveram” para serem herdados pela Milena. A maioria eu quebrei, abrindo pra ver como funciona ou pra “montar” outros brinquedos, que, aliás, ficavam sempre bem legais.

Alguns, no entanto, guardei com carinho (como fiz com os meus livrinhos de criança, que eram do meu pai). Uns bonequinhos de que eu gostava muito, como um Playmobil que batizei de “Paulinho”, e um carrinho de plástico “tunado” com papelão e que eu chamava de DeLorean. Mas, curiosamente, depois de velho eu acabei adquirindo muita quinquilharia nerd que, gosto de pensar, a Milena vai adorar, como os capacetes do Darth Vader e as miniaturas da DC Comics (tenho caixas e caixas desses troços). Eu compro, admiro, boto na estante e viajo aqui na maionese, fantasiando como vai ser o dia em que eu entregar essas coisas pra Milena. E penso como foi o dia em que o meu pai desceu aquela caixa enorme de cima do armário e foi tirando tanta coisa legal pra mim que eu mal pude acreditar na minha sorte: era como se houvesse um tesouro ali o tempo todo só esperando eu crescer um pouquinho…

contribua com o pipipum

Related posts:

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

3 thoughts on “Brinquedos favoritos

  1. senhor moreira 22/07/2016 / 14:26

    que viadinho

  2. senhor moreira 22/07/2016 / 14:33

    perdi minha virgindade quando tinha 9 anos ali na republica do peru com a tonelero. Com uma mulher chamada Greyce. Depois que eu conheci a greyce nunca tive tempo para esse brinquedinhos.Bando de maricas!

    • Eu Mesmo 22/07/2016 / 15:52

      O senhor está senil e carrancudo. Vá procurar ajuda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *