Bebê atriz

maternidade e paternidade

Dica do papai: Não é não.

pai de primeira viagemDescobrimos recentemente que temos em casa um atriz digna de ganhar um Oscar. Quando ela quer alguma coisa que não achamos apropriado, ela inicia uma atuação de sofrimento que comove a qualquer um.

Chora, grita, faz pose de sofrimento, soluça como se alguém tivesse morrido.

Comovido, você pensa: Só um pouquinho não faz mal! Então, entrega o objeto tão desejado. No mesmo momento um largo sorriso de vitória se abre e você fica se sentindo totalmente manipulado. Um sentimento que mistura orgulho e vergonha. Até eu, que sou mais durão, vivo caindo nessa atuação algumas vezes.

Esta é uma fase em que os bebês começam a testar seus limites: se eu chorar muito, será que consigo o que quero? Consegui! Então vou fazer isso sempre!

Com mais ou menos um ano, o bebê já entende muito o que acontece a sua volta, mesmo que ele ainda não consiga falar propriamente. Então porque não obedece a gente quando dizemos não? Porque ainda está muito entretido com nossas  reações quando faz algo que sabe que não pode. Além do mais dizemos não pra tudo.

E isso faz o peso da palavra diminuir. Então, para valoriza-la melhor, escolha os momentos que são realmente perigosos e com as outras situações, apenas explique ao bebê porque não é muito bom ele fazer isso ou aquilo.

E outra dica é, se algo não for realmente perigoso, deixe o bebê explorar com você por perto, pois eles perdem o interesse muito rápido quando vêem que você permite.

contribua com o pipipum

 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Saidinha para espairecer

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-espairecendoDica da mamãe: Compras, compras e mais compras… Que não são para você.

mamãe de primeira viagemSe você tem ou pensa em ter filhos prepare-se para incluir na sua rotina muitas idas ao supermercado.

Primeiro porque o bebê não come a mesma comida que os adultos, segundo por que eles precisam sempre de legumes frescos, que estragam facilmente, e terceiro que o desperdício de comida é inevitável no inicio, hora por que o bebê não quer comer e a comida não pode ser reutilizada e hora por que ele faz a maior lambança. A Bia, joga comida até no teto.

Sabemos que até os 6 meses, o bebê deve se alimentar apenas de leite materno, mas de qualquer forma, a mamãe precisa comer muito bem e saudável para que consiga manter a energia necessária para amamentar. O que acarretará em muitas idas ao supermercado.

Algumas dicas:

  • Já que sempre terá que ir ao mercado, coloque na agenda semanal um dia especifico já previsto, e para não comprar itens em excesso, crie um cardápio, com o menu da semana.
  • Congele algumas papinhas para os dias mais atolados, que não terá tempo para cozinhar.
  • Alguns legumes podem ser congelados como cenoura, pimentão, vagem, brócolis e espinafre. Mas devem ser lavados, cortados e escaldados antes de serem congelados.
  • Congele em potinhos pequenos, do tamanho de cada refeição sua ou do bebê.
  • Sempre que puder, faça uma comida fresca, pois além de ser mais saudável, fica mais saborosa para os pequenos.

Em tempos de crise temos que ter muita atenção para economia doméstica, evitando ao máximo compras e desperdícios desnecessários.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Peito de pombo

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-fazendo_birraDica do papai: Peito de pombo.

pai de primeira viagemE não é que aquele pinguinho de gente agora aprendeu a desafiar a gente?

Se não quer mais comer o papá, não está mais afim de brincar com determinado brinquedo, foi impedida de colocar as mãozinhas em um objeto perigoso ou se entediou de ficar esperando para tocar de fralda, ela joga os bracinhos pra trás, empina o peito e faz cara de brava. O olhar é incrivelmente desafiador.

Confesso, não tenho maturidade pra isso. Rs, pois com essa demonstração de desafio, deveria, segundo algumas literaturas educacionais me manter firme, mas inevitavelmente caio na gargalhada…não existe nada mais fofinho do que um neném bravo.

Enfim…ainda não temos uma dica para lidar com isso, mas acreditamos na criação com apego, dar carinho ao invés de um bofetão ou castigo, damos mais afago a ela nestes momentos de tensão, mas tentando se manter firme, pois a criança precisa que sejam impostos alguns limites, para o bem de sua criação.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Bronca da Bia

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-bebe-falandoDica do Papai: Bronca da Bia!
pai de primeira viagemDesde que começou a pronunciar as primeiras palavras, a Bia virou um tagarela. Ainda não saem palavras inteiras, apenas ma-ma-mãe e pa-pá, mas isso não impede que ela tente o tempo todo interagir verbalmente conosco com a sua própria língua: o “bebenês”.
Hoje aconteceu uma situação muito divertida. Como de costume, eu e a mamãe nos sentamos a uma mesa pequena na cozinha. A Bia estava na sua cadeirinha, pronta para tomar café da manhã. Começamos a conversar sobre um projeto no qual estamos trabalhando juntos, eu e a Su, e, sem querer, ignorávamos a Bia, que balbuciava suas deliciosas palavrinhas.
O tom da conversa acabou ficando um pouco exaltado. Não houve discussão,  apenas estávamos defendendo com entusiasmo nossos distintos pontos de vistas. No mesmo momento, aquele bebê de 9 meses colocou seu dedinho para o alto e nos deu um duro e objetivo sermão:
— Nha babá teté aba apa papá nhabu atata aba agu apa papá aaaaa apa pá!
Assustados, nós nos entreolhamos e caímos na gargalhada. Tínhamos levado um baita de um puxão de orelha da Bia.
Às vezes, esquecemos que o bebê absorve tudo que acontece ao seu redor. Ele está lá, como um estudante, atento às orientações do professor na véspera da prova. Não podemos achar que, por ainda não saber se comunicar verbalmente, a criança não está prestando atenção em todas as palavras e sentindo o “clima” do ambiente.
Por isso, nunca esqueça que o bebê está ali, ouvindo e copiando tudo.Tente estimulá-lo a participar das conversas, ensinando sempre palavras novas e a forma de colocá-las em um diálogo. Assim, além de cultura, a criança estará começando a ter princípios de educação.
Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Papai Bolt

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-bolt

Dica da mamãe: Vitória diária.

mamãe de primeira viagemQuem assistiu as olimpíadas, viu que foi realmente muito emocionante cada vitória conquistada pelos atletas nas diversas modalidades.

Aqui, em casa de pais de primeira viagem, a mais emocionante das vitórias é na batalha do sono do bebê.

Vai dizer que não?

Cada noite é uma batalha completamente diferente da outra. Quando você pensa que já sabe tudo… BUM! Novo mês, novas regras. Rs.

A dica de hoje é… Paciência, criatividade para criar uma nova rotina todo mês e atenção para as mudanças que acontecem com seu bebê, para que possa perceber quando está hora de mudar.

Mesmo assim a vitória ainda não está garantida, mas o importante é competir. 😉

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail