Meio tempo

cuidando da casa

Dica do papai: Cronometro ligado.

pai de primeira viagemE Valendo!

Tudo pronto para o início da partida. A saída pertence a mamãe. ela fica à direita defendendo o berço para não fazer barulho. obstáculos à sua esquerda, desvia para a porta principal. O árbitro acerta os últimos detalhes, confere o cronômetro e apita. Bola rolando na casa da família Pipipum.

Mamãe corre para o meio campo e responde os clientes, envia um e-mail, ela ultrapassa a linha e lava a louça suja, houve desvio do papai para esta tarefa, corre para a esquerda tentando pegar os brinquedos jogados nas laterais e inverte a jogada da esquerda para a direita para o apoio do trocador e…

O arbitro paralisa a partida!

A Bia acordou.

É amigo torcedor, as vezes você não tem nem 45 minutos entre uma dormida e outra do bebê, então tente aproveitar este tempo “livre” com eficiência esportiva.

Nossa dica é: Corra! Evite procrastinar ou perder tempo com tarefas menos importantes. Cada minuto conta.

Gostaríamos de agradecer a nossa seguidora Rachel Viviani pela sugestão do tema.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Nature girl

bebe na natureza

Ah! O ar límpido das montanhas! Natureza, clima agradável, cachoeiras… Como seria bom ter tudo isso diariamente. Mas, infelizmente, vivemos numa cidade grande e o ar não é lá muito puro, o que acaba resultando em muitos problemas respiratórios e alergias.

Se seu bebê tem problemas respiratórios, nosso amigo revisor tem uma ótima dica sobre nebulização.

Dica do Amigo Revisor: Nebulização

revisor amigo dos pais de primeira viagemEu e a mãe da Milena temos três milhões de alergias. E, ao que tudo indica, a guria herdou algumas tretas respiratórias, tadinha. Vira e mexe tá com o nariz entupido ou mandando ver naquelas tosses secas, chatas, que fazem a gente sofrer por tabela. A pediatra então deu sinal verde pra gente comprar um nebulizador.

Há alguns modelos bem baratos e é possível adquiri-los até em farmácias, com garantia e tudo. Não custa pesquisar, no entanto, em algumas lojas na internet.

A nebulização exige certa paciência da criança, que, explodindo de energia, não consegue ficar muito tempo parada, e dos pais, que precisam negociar esse tempo que a criança “perde” aspirando a nuvem de soro fisiológico. A Milena detesta fazer, desde sempre, e a gente acaba “trapaçeando”: aproveitamos algum momento de sonolência ou mesmo do sono para ligar o aparelho. Tem dado certo, viu. Podem tentar.

Vocês aí também cortam um dobrado com a nebulização? Então contem pra gente.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Livre demanda

livre demanda

Está mais do que comprovado que devemos amamentar por “livre demanda”. Trata-se de amamentar sempre que o bebê solicitar, pois, além de mamar o equivalente a uma bolinha de gude (Fonte: Amamentação: Bases científicas) nos primeiros dias, seu organismo ainda está se desenvolvendo e a digestão do leite é muito rápida. Logo, ele precisa mamar muito!

No entanto, temos de concordar que é uma fase muito desgastante para as mamães que acordam pelo menos duas vezes na madrugada para amamentar. Mas, com o decorrer dos meses, o bebê passa a dormir por mais tempo e a mamar menos de madrugada.

Nosso amigo revisor tem uma dica bem legal para ajudar nessa fase:

Dica do Amigo Revisor: O Sono da Noite

revisor amigo dos pais de primeira viagem

Quando a Milena nasceu, a cada meia hora ela acordava reclamando de alguma coisa que nós, os pais, enlouquecidos, tentávamos adivinhar o que era. Mas sempre, sempre dormiu o soninho dos justos à noite, o que desde o começo foi um alívio pra gente. Raramente levantamos mais de uma vez de madrugada para “socorrê-la”. Quando acontece é fome, e aí basta amamentá-la direitinho que ela volta a dormir.

Esse reloginho só deu certo graças à disciplina nos horários da alimentação e dos cochilos durante o dia. Sempre comeu e dormiu mais ou menos no mesmo horário, e, pra nossa felicidade, o mesmo esquema vale pra noite. Assim, conseguimos, todos, dormir numa boa, sem mais problemas.

Se o seu bebê acorda muito de madrugada, pode ser que algo está fora do eixo. Observar os horários em que o bebê mais requisita vocês, papais e mamães, talvez ajude a montar uma estratégia vencedora para garantir que todo mundo descanse na hora certa.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

“Wolverina”

unhas de nenem

Dica da papai: Cortando as unhas!

pai de primeira viagemA Bia já nasceu com unhas enormes, algo que nos espantou bastante, pois nunca imaginávamos que as unhas já crescessem tanto ainda dentro da barriga.

Essas unhinhas viram “garrinhas” se não forem aparadas de tempos em tempos. Então mais ou menos duas vezes por semana, mamãe tem uma missão que seria mais apropriada ao Macgyver, de Profissão Perigo: bancar a manicure de bebê.

Até bolei um passo a passo pra explicar a maneira que a mamãe encontrou para executar essa difícil missão:

1-Deixe o bebê dormir (aproveite o sono da manhã ou o da tarde, pois à noite, se o bebê acordar, fica mais difícil fazê-lo dormir novamente);

2- Sente-se na cama, com as costas apoiadas em local firme, e deite o bebê em suas pernas;

3- Com um cortador de unha especial para bebês, apare as garrinhas uma a uma, com paciência. Não tenha pressa : )

4- É comum que você não consiga terminar toda a tarefa de uma só vez – é preciso fazer com cuidado para não acordar o bebê e principalmente para não machucá-lo! Evite cortar muito rente aos dedinhos.

Assim, evitamos que nossos fofinhos se arranhem, preservando também nossa integridade física. =)

 

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Colocando o bebê no berço

bebê no berço

Dica do Papai: Missão Impossível

pai de primeira viagemDepois de ninar o bebê, quando finalmente bate aquele soninho e ele dorme, o trabalho não está terminado: ainda há o grande desafio de colocá-lo no berço (ou na cama) sem que ele acorde. Como a “operação” requer perícia tática, vou tentar mostrar como fazemos por meio de um passo a passo (só para os fortes):

1. Ainda no colo, o bebê já dormiu, mas nos primeiros dez minutos ele ainda está com o sono leve, então permaneça ninando.

2. Passado esse período, ele já deve estar num sono mais profundo. Tente posicionar o bebê nas suas mãos, segurando-o pelo bumbum e pela nuca.

3. Dirija-se ao berço com passos de ninja e vá descendo lentamente suas mãos até encostar primeiro o bumbum do neném no colchão e depois a cabeça (muito lentamente).

4. Retire devagar a mão do bumbum e depois da nuca — e saia como uma pluma. Aí é correr para o abraço! (Mas em silêncio! Rs.)

Dica Jedi: Caso o bebê acorde no momento em que você o posiciona no berço, chegue o mais próximo possível dele (fingindo que ainda está no colo) e tente parecer que o está ninando, mas sem retirá-lo do berço… Às vezes funciona.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail