Psicologia aplicada

mamãe de primeira viagemUma vez por mês a Bia fica quase uma semana sem comer direito, deixando a mamãe e o papai super preocupados. Assim foi semana passada aqui em casa: Alguns dias comeu bem (até demais) e outros que não tocou na comida, o dia todo.

Claro que você acaba tendo que ouvir: “Tá viciada em peito, desmama que vai comer melhor…”

Respire fundo e acredite em você!

Se o bebê está saudável, é apenas mais uma fase. Seguem alguns motivos que podem fazer a criança não comer bem:

– Dentinho nascendo (o mais recorrente aqui em casa);
– Necessidade de mudança no tipo de comida (se nem adultos gostam de comer sempre a mesma coisa, por que o bebê gostaria?);
– Ambiente não apropriado (é melhor comer todo mundo junto na sala em vez de sozinho na cozinha);
– Necessidade de autonomia (sabemos que a lambança não é legal, mas é preciso, para aprenderem a comerem sozinhos);

Já viu nossos produtos? Da uma Olhada!

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Mimimi

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-amamentacao-meme_palpite1
pai de primeira viagem

DICA DO PAPAI: QUANDO OS PALPITES SE REFEREM À AMAMENTAÇÃO, RESPIRE FUNDO E…SORRIA.

A mãe que decide continuar a amamentar o filho depois de um ano sofre muita discriminação e por isso precisa de apoio. Grupos maternos ajudam bastante nessa hora para poder desabafar e não surtar com os palpiteiros.

Acreditamos que o melhor a se fazer nessa hora é lembrar que se trata de uma escolha da mãe e que conta com o apoio da Organização Mundial de Saúde. Se isso não bastar, apenas sorria e acene. Isso mesmo, pois, às vezes, tentar explicar só leva a mais discussão e estresse, sem que haja compreensão.

Ser mãe não é fácil!
contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Watching dead

pais-de-primeira-viagem-bebe-whatching-dead2Dica da mamãe: se rendendo aos programas infantis na TV 

mamãe de primeira viagemSempre fomos contra deixar a criança plantada na frente da TV, mas, com as tarefas do dia a dia de pais de primeira viagem, percebemos que é simplesmente inevitável.

Às vezes, precisamos apenas de 30 minutinhos para preparar o almoço e aí os desenhos animados (principalmente aqueles com muita música) são a única solução.

Mas, como tudo nesta vida, a questão aqui é o equilíbrio!

Estipulamos um tempo máximo e horários específicos. Assim a Bia não fica muito agitada e conseguimos um tempinho para levar adiante algumas tarefas.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Saidinha para espairecer

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-espairecendoDica da mamãe: Compras, compras e mais compras… Que não são para você.

mamãe de primeira viagemSe você tem ou pensa em ter filhos prepare-se para incluir na sua rotina muitas idas ao supermercado.

Primeiro porque o bebê não come a mesma comida que os adultos, segundo por que eles precisam sempre de legumes frescos, que estragam facilmente, e terceiro que o desperdício de comida é inevitável no inicio, hora por que o bebê não quer comer e a comida não pode ser reutilizada e hora por que ele faz a maior lambança. A Bia, joga comida até no teto.

Sabemos que até os 6 meses, o bebê deve se alimentar apenas de leite materno, mas de qualquer forma, a mamãe precisa comer muito bem e saudável para que consiga manter a energia necessária para amamentar. O que acarretará em muitas idas ao supermercado.

Algumas dicas:

  • Já que sempre terá que ir ao mercado, coloque na agenda semanal um dia especifico já previsto, e para não comprar itens em excesso, crie um cardápio, com o menu da semana.
  • Congele algumas papinhas para os dias mais atolados, que não terá tempo para cozinhar.
  • Alguns legumes podem ser congelados como cenoura, pimentão, vagem, brócolis e espinafre. Mas devem ser lavados, cortados e escaldados antes de serem congelados.
  • Congele em potinhos pequenos, do tamanho de cada refeição sua ou do bebê.
  • Sempre que puder, faça uma comida fresca, pois além de ser mais saudável, fica mais saborosa para os pequenos.

Em tempos de crise temos que ter muita atenção para economia doméstica, evitando ao máximo compras e desperdícios desnecessários.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Hora de mimir… pra quem?

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-3-da-madrugaDica do Amigo Revisor: Bêbado… de sono.

revisor amigo dos pais de primeira viagemOutro dia estava aqui na frente do computador fazendo o meu serão de sempre (corrigindo os textos da Família Pipipum) e me deu um baita sono. Mas um baita sono. Eu me peguei lendo a mesma linha de texto duas, três, quatro vezes, mas não conseguia entender do que se tratava. Em algum momento me distraí e, quando percebi, havia escrito daslkgsdfasdh~lgsaf. Tomei um susto: eu havia cochilado enquanto digitava. Ou seja, deu a minha hora e eu tava lá, lutando pra permanecer desperto, mas não dava mais, pessoal. Achei melhor marcar o texto e ir dormir, pra prevenir “acidentes”.

Mas o bebê acha melhor ficar acordado. Sempre vai achar. E dormir que nada: agora que ficou de pé e consegue andar direitinho, a Milena não quer outra vida. E chega um momento do dia em que ela começa a dizer “Rua, RUA”, e a gente diz “Dormir, DORMIR”. Ela quer mais é correr por aí. Ontem mesmo estava perturbando pra dar uma volta, mas (além do tempo ruim, muito frio e chuva) era indisfarçável aquela vontade cada vez mais irresistível de fechar os olhos (e, com sorte — NOSSA sorte –, só acordar no dia seguinte). Mas ela resistia. Sempre resiste. Quando o sono aperta, ela começa a trocar os pés, se apoiar nos móveis e, vez ou outra, cair sentada. “Vamos DORMIR”, a mãe dizia, “você tá com sono, garota”, e pegava a guria no colo, mas COMO a Milena se debatia, meus amigos, parecia querer fugir da cadeira de um dentista açougueiro.

Mas o bebê tem que dormir, pro papai e a mamãe também conseguirem dormir mais tarde. Por mais que a criança insista em ficar acordada, “brigando” com o sono, é importante que durma na hora certa. Da mesma forma que não é bom dormir cedo demais, tarde demais também obriga os pais a continuarem acordados, além de alertas com os “perigos de colisão”: ontem a Milena deu uma trombada no rack da casa da vovó que fez a gente quase enfartar de susto. Ou seja, essa insistência acaba desregulando o sono de todo mundo — e, eventualmente, causando alguns hematomas…

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail