Saidinha para espairecer

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-espairecendoDica da mamãe: Compras, compras e mais compras… Que não são para você.

mamãe de primeira viagemSe você tem ou pensa em ter filhos prepare-se para incluir na sua rotina muitas idas ao supermercado.

Primeiro porque o bebê não come a mesma comida que os adultos, segundo por que eles precisam sempre de legumes frescos, que estragam facilmente, e terceiro que o desperdício de comida é inevitável no inicio, hora por que o bebê não quer comer e a comida não pode ser reutilizada e hora por que ele faz a maior lambança. A Bia, joga comida até no teto.

Sabemos que até os 6 meses, o bebê deve se alimentar apenas de leite materno, mas de qualquer forma, a mamãe precisa comer muito bem e saudável para que consiga manter a energia necessária para amamentar. O que acarretará em muitas idas ao supermercado.

Algumas dicas:

  • Já que sempre terá que ir ao mercado, coloque na agenda semanal um dia especifico já previsto, e para não comprar itens em excesso, crie um cardápio, com o menu da semana.
  • Congele algumas papinhas para os dias mais atolados, que não terá tempo para cozinhar.
  • Alguns legumes podem ser congelados como cenoura, pimentão, vagem, brócolis e espinafre. Mas devem ser lavados, cortados e escaldados antes de serem congelados.
  • Congele em potinhos pequenos, do tamanho de cada refeição sua ou do bebê.
  • Sempre que puder, faça uma comida fresca, pois além de ser mais saudável, fica mais saborosa para os pequenos.

Em tempos de crise temos que ter muita atenção para economia doméstica, evitando ao máximo compras e desperdícios desnecessários.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Encontros do BEM

ENCONTRODOBEM2Dica da Mamãe: Encontros do Bem – Bem Estar Materno.

mamãe de primeira viagem
E a primeira roda de bate papo já tem data e local. Domingo dia 04/09 a partir das 10h30 no Imperator – Rua Dias da Cruz 170 – Méier – Rio de janeiro – RJ.

Venha compartilhar suas experiências maternas, desabafos, altos e baixos, choros e gargalhadas que só a maternidade traz.

Aqui você se sentirá acolhida e abraçada. Sem julgamentos, sem críticas. Muito apoio e carinho. Traga um lanchinho e venha papear conosco.

Encontro BEM, promovendo o Bem Estar Materno – Amor, união, respeito e acolhimento.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

A nova fronteira

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-rococoDICA DO AMIGO REVISOR: A nova fronteira.

Quando o bebê começa a andar, a gente acha o máximo. E é tão de repente, né. Primeiro a criança me aparece com aqueles rolamentos de urso panda; em seguida, sai engatinhando pela casa como se tivesse rodinhas; por fim, quando menos se espera, já tá de pé, e ligeira, e cheia de curiosidade pra explorar os ambientes.

Quando compramos os móveis da casa, infelizmente não levamos em conta a Milena. Está tudo ao alcance dela: o rack com os videogames, as prateleiras de filmes e jogos, as estantes de livros e histórias em quadrinhos. Outro dia encontrei a página de um livro rasgada e me lembrei daquele pedacinho de papel que vi na mãozinha da guria semanas antes. Doeu, viu. A próxima etapa da exploração tem se desenrolado verticalmente, pro nosso desespero: a Milena vive tentando subir nos móveis. Já sobe e desce do sofá, das cadeiras, da cama… O alvo agora é o rack. E ela é perseverante, viu;

mesmo percebendo que não vai conseguir escalar o móvel, ela ergue a perninha ao máximo pra depois dar um tempo, na maior frustração. Mas, claro, quando a gente vai ver, tá lá a garota de novo. Os móveis na casa da vovó têm sido o alvo preferido da Milena: a mesinha de centro com tampa de vidro e o rack, que a minha sogra enche de bonecas pra impedir que a guria tente subir. Mas ela tenta, obviamente, e é aquele corre-corre pra tirar os porta-retratos do alcance dela, afastar o telefone, retirar os bibelôs, esconder os controles remotos… E a minha sogra às vezes diz pra Milena (na verdade, dizendo pra mim): “Milena, não sobe aí, seu pai vai ter que pagar o que você quebrar”, rs.

Eu ia dar uma dica, mas não tem dica. É ficar de olho no bebê e torcer pro prejuízo ser pequeno…

PS: Ainda não comprou o presente para o dia dos pais? Que tal uma caneca Pipipum?

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

A arte de amamentar.

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-amamentacao-peito_enciumadoDica da mamãe: como conter o vazamento de leite.

mamãe de primeira viagemQuando eu ainda estava grávida, imaginava que aqueles lindos momentos com o bebê mamando, mas quando a Bia nasceu descobri que amamentar não é apenas um momento de fofura.

Toda vez que amamento, o peito que está livre esguicha leite (pois é), como quem diz “Ei! Eu também quero amamentar!”. É cômico e desconcertante.

Para resolver essa situação, tenho duas dicas: absorvente de seio (comprado em farmácia, mas que sai caro se você considerar que o usará diariamente) e uma dica caseira da minha mãe (e que achei “mara”): fralda de pano cortada em pedaços menores. Isso mesmo!

Corto a fralda de pano em 4 pedaços e faço bainha (se tiver um tempinho). Para usar em casa é ótimo! Após sujar, é só jogar tudo na máquina que seca rapidinho.

Caso tente usar outros tecidos ou gaze, preste atenção para ver se soltam pequenos fiapos que o bebê pode acabar engolindo. Por isso a fralda de pano é ótima: absorve bem e não solta fiozinhos.

Assim você economiza uma grana e usa os absorventes de seios de farmácia só quando estiver na rua por muito tempo (pois são descartáveis).

Só não faça como eu, que sempre esqueço de colocar o paninho nos seios e tenho de chamar o papai para me socorrer, rs.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

APP Aleitamento

aplicativo de amamentação

Dica da mamãe: Aplicativo Aleitamento

mamãe de primeira viagem

Atenção, mamães! Chegou a nova versão do aplicativo Aleitamento!

O aplicativo busca informar os pais onde quer que eles estejam, tirando dúvidas e incentivando a amamentação (a favor da livre demanda). Conta com um guia prático, além de uma seção de perguntas frequentes, cronômetro (para registrar o tempo de mamada do bebê) e notícias atualizadas. Ele também oferece um diário para registrar os momentos especiais com o bebê, um mapa para ajudar a localizar estabelecimentos essenciais que dão suporte ao aleitamento materno (como bancos de leite humano), calendário de vacinas, bem como dicas e respostas para as dúvidas mais comuns das mamães.

Além disso tudo, também há uma seção com ilustrações do Pipipum! Isso mesmo!

Com a supervisão de um pediatra especialista em aleitamento, com certificação pelo International Board Certified Lactation Consultant (IBCC), o aplicativo está aqui para estreitar e apoiar o princípio mais elementar da relação mãe/filho: a amamentação.

Baixe o app na Google Play por esse link:
https://play.google.com/store/apps/details?id=com.aleitamento.app&hl=pt_BR

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail