Say my name!

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-mae-da-bia-maternidadeDica da mamãe: para refletir.

mamãe de primeira viagemUm dos fatos da maternidade é que o nome da mamãe ou do papai raramente será lembrado depois do nascimento do bebê. Acostume-se! Não tem como lutar contra. Por quê? Vamos refletir.

Você vai à pracinha com seu bebê e conhece outros lindos bebês e suas respectivas mamães e papais. Você pergunta o nome de todos e também diz o seu. Todos se divertem e conversam bastante. Então chega a hora de ir pra casa, pois seu filho já está cansado, e quando você vai dar tchau… Como era o nome dos adultos mesmo? Sim, você vai lembrar o nome de todos os bebês, porém os dos responsáveis…

Acreditamos que isso aconteça porque dedicamos tantas horas ao bebê que acabamos virando uma extensão deles, ou seja, o bebê é o personagem principal e os pais apenas os auxiliares dele.

Também conhecemos tanta gente na pracinha que acabamos não conseguindo guardar toda a informação… Assim, viramos mamãe do fulano e papai do sicrano, que convenhamos, é muito mais fácil de lembrar!

Então não fique chateado se a partir de agora as pessoas não te chamarem pelo seu próprio nome. Com a maior convivência, isso melhora. Entretanto, eu mesma já me peguei dizendo “Oi, sou a mãe da Bia”, rs.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Saidinha para espairecer

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-espairecendoDica da mamãe: Compras, compras e mais compras… Que não são para você.

mamãe de primeira viagemSe você tem ou pensa em ter filhos prepare-se para incluir na sua rotina muitas idas ao supermercado.

Primeiro porque o bebê não come a mesma comida que os adultos, segundo por que eles precisam sempre de legumes frescos, que estragam facilmente, e terceiro que o desperdício de comida é inevitável no inicio, hora por que o bebê não quer comer e a comida não pode ser reutilizada e hora por que ele faz a maior lambança. A Bia, joga comida até no teto.

Sabemos que até os 6 meses, o bebê deve se alimentar apenas de leite materno, mas de qualquer forma, a mamãe precisa comer muito bem e saudável para que consiga manter a energia necessária para amamentar. O que acarretará em muitas idas ao supermercado.

Algumas dicas:

  • Já que sempre terá que ir ao mercado, coloque na agenda semanal um dia especifico já previsto, e para não comprar itens em excesso, crie um cardápio, com o menu da semana.
  • Congele algumas papinhas para os dias mais atolados, que não terá tempo para cozinhar.
  • Alguns legumes podem ser congelados como cenoura, pimentão, vagem, brócolis e espinafre. Mas devem ser lavados, cortados e escaldados antes de serem congelados.
  • Congele em potinhos pequenos, do tamanho de cada refeição sua ou do bebê.
  • Sempre que puder, faça uma comida fresca, pois além de ser mais saudável, fica mais saborosa para os pequenos.

Em tempos de crise temos que ter muita atenção para economia doméstica, evitando ao máximo compras e desperdícios desnecessários.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Aniversário da mamãe

aniversario mamae da familia pipipum

A noite das improbabilidades

pai de primeira viagemEstava no meio da semana, e eu voltava para casa depois de um dia de trabalho, nem me passava pela cabeça em não ir para casa pois estava exausto, mas um amigo que nunca aparece chamou para tomar uma cerveja. Resolvi ir, fomos a uma festa na universidade que frequentei, e fazia muito tempo que não voltava lá.

Festa estranha com gente esquisita, estava meio deslocado quando alguém me apresentou uma menina que se interessava por quadrinhos e animação. Trocamos contatos e um tímido olhar.

Mal sabia eu que esta noite mudaria nossas vidas para sempre!

A partir dai, foi um festival de desencontros, onde ou eu ou ela nunca estávamos disponíveis mas o trabalho acabou nos unindo. Recebi uma proposta para um projeto de animação e precisava de um parceiro para a produção.

E na semana seguinte começamos a trabalhar juntos, passamos quase uma semana trancados em uma sala, tinhamos pouco prazo, e pra mim era mais difícil conseguir me concentrar com aquela “colega de trabalho” que me despertava tanto interesse.

Entre uma cena e outra da animação, um beijo e no mês seguinte já brincávamos sobre qual seriam os nomes dos nossos filhos.

Foi um turbilhão!

E de repente, somos a Família Pipipum. Com tantas histórias divertidas, emocionantes e improváveis!

Hoje, essa menina dos quadrinhos, a mamãe da Bia e meu amor completa 28 aninhos! E eu só tenho a agradecer a ela por tudo que ela representa para mim.

Parabéns meu amor!

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail