Todos contra H1N1

gripe suína

Dica do papai: H1N1
pai de primeira viagemHoje o assunto é sério: você já ouviu falar da gripe H1N1? Ouviu, né. Pois é…como se já não bastassem todas as preocupações de um pai de primeira viagem, ainda mais essa agora!

Segundo a Associação Brasileira de Infectologia, “A gripe causada pelo novo vírus influenza A [ou H1N1, que num primeiro momento foi chamada de gripe suína] é uma doença transmitida de pessoa a pessoa através de secreções respiratórias, principalmente por meio da tosse ou espirro de pessoas infectadas. A transmissão pode ocorrer quando houver contato próximo […] principalmente em locais fechados, com alguém que apresente sintomas de gripe […]”.

A princípio, essa gripe não é considerada muito mais grave do que a gripe comum. O receio, no entanto, são os problemas causados a jovens e grávidas. Neste ano, o Ministério da Saúde disponibilizou vacina para o H1N1, bem como para a gripe comum, em postos de saúde, de forma gratuita, como sempre. As vacinas estão à disposição para:

* crianças entre 6 meses e 5 anos;
* grávidas;
* mães que deram à luz há até 45 dias;
* idosos; e
* profissionais de saúde.

As principais recomendações para papais, mamães e crianças em casos de suspeita de H1N1 são:

* permanecer em quarentena durante dez dias;
* não ir ao trabalho ou à escola;
* medir a temperatura três vezes ao dia;
* ficar atentoao surgimento de tosse.
* não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;
* evitar tocar olhos, nariz ou boca;
* cobrir o nariz e a boca quando tossir ou espirrar;
* lavar as mãos frequentemente com água e sabão;
* manter o ambiente ventilado;
* evitar contato próximo com pessoas.

A Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO) faz recomendações expressas para nutrizes, para quem sugere manter a amamentação:

* a nutriz deve usar máscaras durante a amamentação e lavar frequentemente as suas mãos com água e sabão, podendo usar o álcool gel em seguida, deixando que seque naturalmente, principalmente antes de amamentar;
* lavar com frequência também as mãos dos bebês;
* evitar o uso de chupetas e bicos que podem ser veículos de transmissão. Em caso de uso, deve-se fervê-los com frequência. Também pode ser um ótimo motivo para se retirar de vez a chupeta;
* caso a nutriz esteja muito doente e enfraquecida, sugere-se alguém da família, sadio, após lavar as mãos e com máscara, para ajudar na ordenha. Oferecer o leite materno ao bebê pela técnica do copinho (nunca por chucas ou mamadeiras) […];
* caso não seja possível a ordenha, ou o volume seja insuficiente, não ofereça diretamente uma fórmula infantil ao bebê, procure antes por um banco de leite humano para ser melhor orientada;
* adultos e crianças afetados devem manter nariz e boca cobertos ao tossir ou espirrar e ainda, a higiene nasal deve ser realizada de forma mais segura com lenços descartáveis.

Seguindo essas recomendações, esperamos que pais e bebês sigam com a saúde em dia!

Informe sobre a gripe causada pelo novo vírus Influenza A/H1N1.
Recomendações do DCAM-SBP para nutrizes que apresentem a Gripe A (H1N1- Gripe Suína).

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

A pensadora

bebe pensando

Dica da mamãe: Incômodo.

mamãe de primeira viagemNão é raro o bebê ficar chatinho por conta de uma aparente prisão de ventre. Para ajudar a aliviar o incômodo, podemos colocá-lo numa posição mais favorável.

Às vezes, o bebê conforto pode ajudar, pois não deixa a criança ficar totalmente na horizontal.

Em breve falaremos mais sobre isso…

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Caca

pai de menina

Dica da Mamãe: Roupas extras

mãe de primeira viagemQuando rolar um passeio, checamos a mala do bebê pra não esquecer de nada. Mas esquecemos que é sempre bom levar uma camisa extra pros pais, para evitar surpresas.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Como ela nos vê

bebe_familia_pipipum_pais_de_primeira_viagem_bebe_gravidez_nascimento.jpg

Dica do papai: Participe de todos os momentos.

Essa história de que o pai não tem muito o que fazer nos primeiros meses de vida do bebê é bobagem! Dividir as tarefas é muito importante tanto para aproximar os pais dos filhos como para não sobrecarregar a mãe, que está exausta, por causa do parto.

E não é que o papai aqui virou expert na troca de fraldas e arrotos!?!

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail