O sogrão

o sogrão

Dica da mamãe: menos é mais!

mamãe de primeira viagemRecentemente estávamos meio sumidos porque fomos visitar a minha família no Amapá(sim, sou amapaense!rs) e como todo genro, o papai tentou agradar o sogrão de todas as formas: bebidas, pratos especiais, papos interessantes, presentes…

O sogrão tem fama de durão, mas não é por menos, sempre trabalhou muito para sustentar a grande família! Quatro filhas e mais 3 enteados não é fácil não!

Mas o melhor presente que o papai pode dar foi ter levado a Bia para ele conhecer! Aí acertou em cheio!

Para quem não sorria muito, o sogrão parecia outra pessoa! Se animou até a nadar no rio com a netinha que por sinal se divertiu muito!

Faziam dois anos que não ia para lá.
Fomos recebidos com festa! Comi tanto que voltei mais “fofinha”. Foi muito gostoso visitar irmãs, avós, tios, primos e amigos. Fui matar a saudade e voltei com mais ainda!

Cada um ficou com um pedacinho do nosso coração!💚💙💛

Aguarde que em breve faremos alguns posts sobre a viagem ao Amapá!
contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Muito colo pode?

muito colo

Dica da mamãe: Muito colo pode sim!

mamãe de primeira viagem

Quem nunca recebeu “bronca” até de desconhecidos por “dar colo demais” para o seu bebê?

As justificativas são sempre as mesmas: “Vai mimar essa criança”; “Ela nunca vai andar assim”; “Vai ficar grudada demais em você”.

Mas ainda bem que a ciência está do nosso lado. Diversos estudos, como o do Kangaroo Mother Care, mostram que o colo é muito importante para manter o bebê quentinho, facilita o aleitamento, protege o bebê de infecções, transmite segurança e o ajuda a se desenvolver melhor.

Você já ouviu falar em Criação com Apego (Attachment Parenting International)? É um estilo de criar seu filho de forma mais carinhosa, que o ajude a ser mais independente e o faça sentir toda a segurança que o amor dos pais pode proporcionar. Muitos confundem isso com criar filhos mimados, mas é exatamente o oposto. E isso não é algo novo; existe há milhares de anos e tem se mostrado muito eficaz.

O blogueiro Paizinho, Vírgula! é um dos representantes oficiais da Criação com Apego e discute o tema com frequência em seu blog e no seu canal no Youtube. Veja um de seus vídeos sobre como dar colo é importante na vida de um bebê:

Para saber mais sobre o Paizinho, Vírgula! clique aqui.

Paizinho, Vírgula! no facebook;

Canal do Paizinho, Vírgula! no Youtube;

Para saber mais sobre Kangaroo Mother Care clique aqui.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Meu brinquedo favorito

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-amamentacao- balao de festa
Dica do Amigo Revisor: Brinquedos.

revisor amigo dos pais de primeira viagemQuando o bebê é muito pequenininho, a gente compra um monte de brinquedinhos que são mais decorativos do que propriamente brinquedos, né. Aqueles móbiles com musiquinhas, ursinhos que ficam lindos naqueles nichos de parede, coisas do tipo.

Depois, quando a criança cresce um pouquinho, lá vai você procurar chocalhinhos do tipo que emitem o som de algum bichinho, cubinhos coloridos, algum instrumento musical de mentirinha, e por aí vai.

Ou seja, você só quer o que há de melhor (e, de preferência, barato, porque são tempos difíceis, afinal) pro seu filho, algo educativo, algo que chame sua atenção e o mantenha entretido, divertindo-se.

Mas, por incrível que pareça (ou não, porque a gente sabe que isso é bem comum), a gurizada parece mais interessada em coisas bem simples, como… caixas de sapato! Ou caixinhas de fósforo, latas de leite em pó, embalagens de qualquer tipo. As crianças, por algum motivo, também costumam ficar mais fascinadas com os embrulhos dos presentes do que com o presente em si. Balões, em geral, são outra diversão quase hipnótica — e custam bem baratinho!

A dica de hoje é: deixe o seu filho brincar à vontade com qualquer tipo de quinquilharia. Se ele se diverte e se a quinquilharia é inofensiva, por que não? Além disso, é bom para desenvolver a imaginação da criança — e bom pro bolso do papai e da mamãe, rs.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Todos contra H1N1

gripe suína

Dica do papai: H1N1
pai de primeira viagemHoje o assunto é sério: você já ouviu falar da gripe H1N1? Ouviu, né. Pois é…como se já não bastassem todas as preocupações de um pai de primeira viagem, ainda mais essa agora!

Segundo a Associação Brasileira de Infectologia, “A gripe causada pelo novo vírus influenza A [ou H1N1, que num primeiro momento foi chamada de gripe suína] é uma doença transmitida de pessoa a pessoa através de secreções respiratórias, principalmente por meio da tosse ou espirro de pessoas infectadas. A transmissão pode ocorrer quando houver contato próximo […] principalmente em locais fechados, com alguém que apresente sintomas de gripe […]”.

A princípio, essa gripe não é considerada muito mais grave do que a gripe comum. O receio, no entanto, são os problemas causados a jovens e grávidas. Neste ano, o Ministério da Saúde disponibilizou vacina para o H1N1, bem como para a gripe comum, em postos de saúde, de forma gratuita, como sempre. As vacinas estão à disposição para:

* crianças entre 6 meses e 5 anos;
* grávidas;
* mães que deram à luz há até 45 dias;
* idosos; e
* profissionais de saúde.

As principais recomendações para papais, mamães e crianças em casos de suspeita de H1N1 são:

* permanecer em quarentena durante dez dias;
* não ir ao trabalho ou à escola;
* medir a temperatura três vezes ao dia;
* ficar atentoao surgimento de tosse.
* não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;
* evitar tocar olhos, nariz ou boca;
* cobrir o nariz e a boca quando tossir ou espirrar;
* lavar as mãos frequentemente com água e sabão;
* manter o ambiente ventilado;
* evitar contato próximo com pessoas.

A Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO) faz recomendações expressas para nutrizes, para quem sugere manter a amamentação:

* a nutriz deve usar máscaras durante a amamentação e lavar frequentemente as suas mãos com água e sabão, podendo usar o álcool gel em seguida, deixando que seque naturalmente, principalmente antes de amamentar;
* lavar com frequência também as mãos dos bebês;
* evitar o uso de chupetas e bicos que podem ser veículos de transmissão. Em caso de uso, deve-se fervê-los com frequência. Também pode ser um ótimo motivo para se retirar de vez a chupeta;
* caso a nutriz esteja muito doente e enfraquecida, sugere-se alguém da família, sadio, após lavar as mãos e com máscara, para ajudar na ordenha. Oferecer o leite materno ao bebê pela técnica do copinho (nunca por chucas ou mamadeiras) […];
* caso não seja possível a ordenha, ou o volume seja insuficiente, não ofereça diretamente uma fórmula infantil ao bebê, procure antes por um banco de leite humano para ser melhor orientada;
* adultos e crianças afetados devem manter nariz e boca cobertos ao tossir ou espirrar e ainda, a higiene nasal deve ser realizada de forma mais segura com lenços descartáveis.

Seguindo essas recomendações, esperamos que pais e bebês sigam com a saúde em dia!

Informe sobre a gripe causada pelo novo vírus Influenza A/H1N1.
Recomendações do DCAM-SBP para nutrizes que apresentem a Gripe A (H1N1- Gripe Suína).

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Vovós

duelo de avósDica da mamãe: Avós, sempre bom tê-las por perto

mãe de primeira viagemSim, as avós existem para estragar as crianças, compram vários presentinhos, fazem aqueles doces maravilhosos e acham sempre que seus netos são os mais lindos, mais inteligentes e indefesos. Mas se você, como nós tem as avós de seus filhos por perto, agradeça!
Elas são a voz da experiência, afinal. elas que nos criaram e é com elas que contamos quando queremos ir naquele cineminha ou queremos lembrar aquela receita maravilhosa de pudim. Viva as vovós!
Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail