Daminha de honra

daminha de honra

Dica do papai: Pais e mães, sempre projetando seus desejos nos filhos.

pai de primeira viagemFomos recentemente convidados para ser padrinhos do casamento de grandes amigos nossos, e a Bia, foi uma das daminhas da cerimonia!

Ficamos muito felizes com o convite, em especial a mamãe, que é amiga de longa data do casal e foi ao delírio ao imaginar nossa fofinha toda arrumadinha, entrando no casório com sua cestinha de pétalas de rosas.

Compramos o vestido mais lindo, tudo impecável, já que sabemos que a Bia é um bebê despachado, extrovertido, achamos que ia tirar de letra a entrada para o altar.

Mamãe também não deixou por menos, caprichou na maquiagem e no cabelo ( valeu dinda da Bia, pela grande ajuda!), usou um tomara que caia super elegante e foi para a festa empoderadíssima!

Chegada a hora, a Bia entrou em pânico! Não desgrudou do colo da mãe um minuto, nem o meu colo servia, o tomara que caia, quase caiu, pois ela deu de mamar várias e várias vezes, mamãe entrou no tapete vermelho com a Bia agarrada em seu pescoço e choramingando. Nessa altura, cabelo e maquiagem já tinham descido suor a baixo.

Dica: Não crie expectativas em cima das atitudes do bebê, eles são imprevisíveis, e isso é natural.

Mas por fim a Bia se adaptou, se divertiu e até chamou a mamãe para a pista de dança, mamãe relaxou e todos curtiram o casamento que estava muito bom! Parabéns aos noivos!

Já viu nossos produtos? Da uma Olhada!

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Fantasias infantis

fantasias de bebe

pai de primeira viagemDica do Papai: Use a criatividade

Está chegando o carnaval e as mamães começam a pirar nas fantasias dos baixinhos.

A mamãe aqui queria uma fantasia para cada dia. Mas sabemos que querer nem sempre é poder. E, com tantos afazeres, compromissos, trabalho e grana curta, quando a gente percebeu já estava em cima da hora e as tão sonhadas fantasias ficaram apenas na imaginação.

Mas calma! Ainda há esperança.

A grande arte do carnaval é o improviso. Então é só abrir as portas dos armários e ver se não tem como adaptar alguma roupinha antiga do bebê, ou, ainda, uma peça de roupa da mamãe ou do papai que possa ser cortada ou costurada, acrescentando itens simples pra folia.

Assim, podemos criar fantasias práticas, baratas, rápidas de fazer e, principalmente, fresquinhas!

Se conseguir fantasiar toda a família, é melhor ainda!

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Choque de realidade

roupinhas de bebe de um ano

Dica do papai: ela é um bebê!

pai de primeira viagemO aniversário da Bia tá chegando! Nosso bebezinho vai completar 1 ano e suas roupinhas estão ficando cada vez mais apertadas!

Pausa… aperto no coração! Nosso bebê está crescendo! 😱

E a ficha só caiu no dia em que fomos a uma loja especializada em roupinhas de bebê e fomos informados de que não vendiam roupas para CRIANÇAS, apenas para bebês!

Pausa (maior e mais dramática)… Nosso bebê cresceu!?! Virou uma criança? Não estamos preparados para isso!

Sim… temos que estar prontos para esse momento. Por isso, aproveite cada segundo do seu eterno nenenzinho.

E agora entendemos por que até hoje nossos pais nos veem como “seus bebês”, rs.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Saidinha para espairecer

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-espairecendoDica da mamãe: Compras, compras e mais compras… Que não são para você.

mamãe de primeira viagemSe você tem ou pensa em ter filhos prepare-se para incluir na sua rotina muitas idas ao supermercado.

Primeiro porque o bebê não come a mesma comida que os adultos, segundo por que eles precisam sempre de legumes frescos, que estragam facilmente, e terceiro que o desperdício de comida é inevitável no inicio, hora por que o bebê não quer comer e a comida não pode ser reutilizada e hora por que ele faz a maior lambança. A Bia, joga comida até no teto.

Sabemos que até os 6 meses, o bebê deve se alimentar apenas de leite materno, mas de qualquer forma, a mamãe precisa comer muito bem e saudável para que consiga manter a energia necessária para amamentar. O que acarretará em muitas idas ao supermercado.

Algumas dicas:

  • Já que sempre terá que ir ao mercado, coloque na agenda semanal um dia especifico já previsto, e para não comprar itens em excesso, crie um cardápio, com o menu da semana.
  • Congele algumas papinhas para os dias mais atolados, que não terá tempo para cozinhar.
  • Alguns legumes podem ser congelados como cenoura, pimentão, vagem, brócolis e espinafre. Mas devem ser lavados, cortados e escaldados antes de serem congelados.
  • Congele em potinhos pequenos, do tamanho de cada refeição sua ou do bebê.
  • Sempre que puder, faça uma comida fresca, pois além de ser mais saudável, fica mais saborosa para os pequenos.

Em tempos de crise temos que ter muita atenção para economia doméstica, evitando ao máximo compras e desperdícios desnecessários.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Sapatinho novo

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-amamentacao-sapatinho-novoDica do Amigo Revisor: No Sapatinho

revisor amigo dos pais de primeira viagemComprar roupinha pro bebê é bem punk, viu. Cê fica naquela dúvida danada sobre o que vai servir ou não, por quanto tempo a roupinha vai caber, se ele não vai se sentir incomodado… É tanta neura que, confessem aí, vai, a gente nem para pra pensar em outra importante peça do vestuário da gurizada: os sapatinhos.

Eu mesmo mal sei direito quanto calço: ainda não entendi se é 42-43, 43-44, sei lá. É sério. Acho que depende do calçado ou de quanto o papai aqui estiver pesando (uma variável que sempre oscila pra cima, infelizmente).

Um amigo meu presenteou a Milena, há quase um ano, com um tênis lindeza, muito bacana. Mas que eu não faço ideia de quando ela poderá calçar, porque a menina tinha acabado de nascer. Pior: toda semana eu penso “poxa vida, e se ela perder o calçado? e se não couber quando eu tentar botar o tênis no pezinho dela?”. Em seguida, penso “cara, como assim eu não paro de pensar nisso?”. Questões peculiares da paternidade.

Imagino que essa preocupação com o vestuário das crianças seja uma aflição pra todos os pais que se prezem. Até para repassar as roupinhas para amigos e conhecidos, quando não estiverem mais servindo nos nossos filhos (eles crescem, e crescem rápido, vão por mim). Essa preocupação com o calçado é mais do que válida, porque o sapatinho pode até servir, mas também incomodar o pezinho.

Então, quando estiver dando aquela guaribada no guarda-roupas do bebê, dê uma atenção especial à sapateira. Experimente nas crianças todos os calçados, mesmo aqueles que você tem certeza que cabem. Vai por mim: cês já gastam a maior grana com tanta coisa pro bebê que uma economia desse tipo vem bem a calhar.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail