Compras com o bebê

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-amamentacao-popstarDica do papai: Supermercado com a diva.

pai de primeira viagemA ida ao supermercado com um recém-nascido é um passeio superdespreocupado e até prazeroso, pois o bebezinho tira uma boa soneca e você faz suas compras na maior tranquilidade… Mas o tempo passa e quando você pisca eles já estão enormes!

Eu já estava habituado a ir ao mercado com a Bia. Nós tínhamos um momento pai & filha, e a mamãe curtia uma folguinha em casa. Já fazia um tempo, no entanto, que não dávamos esse passeio. Aí hoje eu fui às compras achando que ia ser como sempre… mas, na verdade, foi um sufoco!

Aquele bebê que dormia no carrinho assim que saía de casa agora berrava pra não ficar nele. Então peguei a Bia no colo e lá fomos nós fazer as compras: cestinha em uma mão, bebê na outra. E como foi PÉSSIMA a ideia de levar o carrinho! Tive de empurrá-lo com o pé! E, enquanto isso, nossa pequena diva, sempre muito simpática, ia acenando para todo mundo com um grande sorriso digno das misses, rsrs

Foi um passeio bem cômico, pois, fora a trapalhada, a Bia brincava de esconde-esconde com todos a sua volta. Suas mãozinhas agarravam tudo que conseguiam alcançar em um piscar de olhos. Foi uma festa, admito. Mas percebi algo curioso: quando é um homem atrapalhado com um bebê, ninguém oferece ajuda. Gente, nós também precisamos de ajuda! Rs…

A dica de hoje é: Slings!! Tenha sempre um à mão. Principalmente quando for ao mercado. Em breve faremos um post especial sobre Slings.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Hora marcada

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-hora-marcada_2

Dica da mamãe: sair de casa.

mamãe de primeira viagem

Seja para ir a um casamento, seja para um simples pulo até a padaria, sair de casa com o bebê requer planejamento.

Costumamos usar a seguinte técnica: já deixamos uma bolsa sempre preparada para uma saída, com itens básicos que podemos precisar na rua. E, na volta, assim que chegamos em casa, rearrumamos tudo novamente.

Se precisamos estar em algum lugar às 11 da manhã, por exemplo, calculamos o tempo retroativamente:

11h – chegada
10h – sair de casa
9h – vestir a Bia
8h – começar a se arrumar

Se dá certo? Cinquenta por cento das vezes, não! Mas não digam que não tentamos. Rs.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail