Saidinha para espairecer

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-espairecendoDica da mamãe: Compras, compras e mais compras… Que não são para você.

mamãe de primeira viagemSe você tem ou pensa em ter filhos prepare-se para incluir na sua rotina muitas idas ao supermercado.

Primeiro porque o bebê não come a mesma comida que os adultos, segundo por que eles precisam sempre de legumes frescos, que estragam facilmente, e terceiro que o desperdício de comida é inevitável no inicio, hora por que o bebê não quer comer e a comida não pode ser reutilizada e hora por que ele faz a maior lambança. A Bia, joga comida até no teto.

Sabemos que até os 6 meses, o bebê deve se alimentar apenas de leite materno, mas de qualquer forma, a mamãe precisa comer muito bem e saudável para que consiga manter a energia necessária para amamentar. O que acarretará em muitas idas ao supermercado.

Algumas dicas:

  • Já que sempre terá que ir ao mercado, coloque na agenda semanal um dia especifico já previsto, e para não comprar itens em excesso, crie um cardápio, com o menu da semana.
  • Congele algumas papinhas para os dias mais atolados, que não terá tempo para cozinhar.
  • Alguns legumes podem ser congelados como cenoura, pimentão, vagem, brócolis e espinafre. Mas devem ser lavados, cortados e escaldados antes de serem congelados.
  • Congele em potinhos pequenos, do tamanho de cada refeição sua ou do bebê.
  • Sempre que puder, faça uma comida fresca, pois além de ser mais saudável, fica mais saborosa para os pequenos.

Em tempos de crise temos que ter muita atenção para economia doméstica, evitando ao máximo compras e desperdícios desnecessários.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Tabela nutricional (segundo a Bia)

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-dia-nutriDica da mamãe: Ao gosto do bebê

mamãe de primeira viagemA Bia está com 8 meses e percebemos que ela já tem algumas predileções alimentares. Notamos, por exemplo, que ela curte brócolis, beringela e chuchu, e rejeita carne, abobrinha e batata-doce.

A pediatra explicou pra gente que é muito importante introduzir a maior variedade possível de alimentos, até aqueles de que nós mesmos não gostamos! Assim, o bebê irá se acostumar com os mais diversos sabores desde cedo. Porque conhecendo o sabor dos alimentos ele terá mais chances de se alimentar de forma mais saudável no futuro.

Mesmo que o bebê não demonstre interesse por essa ou aquela comidinha, insista sempre, pois em algum momento ele pode mudar de ideia. 😉

Mas, é importante lembrar, há muita coisa que não é recomendada para bebês de menos de 1 ano: açúcar refinado ou mascavo, mel, chocolate, laticínios, leite fermentado, biscoitos ou bolachas doces e recheadas, café, embutidos (presunto, salsicha, peito de peru), refrigerantes, sucos adoçados, entre outros.

contribua com o pipipum

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Compras com o bebê

pais-de-primeira-viagem-bebe-gravidez-amamentacao-popstarDica do papai: Supermercado com a diva.

pai de primeira viagemA ida ao supermercado com um recém-nascido é um passeio superdespreocupado e até prazeroso, pois o bebezinho tira uma boa soneca e você faz suas compras na maior tranquilidade… Mas o tempo passa e quando você pisca eles já estão enormes!

Eu já estava habituado a ir ao mercado com a Bia. Nós tínhamos um momento pai & filha, e a mamãe curtia uma folguinha em casa. Já fazia um tempo, no entanto, que não dávamos esse passeio. Aí hoje eu fui às compras achando que ia ser como sempre… mas, na verdade, foi um sufoco!

Aquele bebê que dormia no carrinho assim que saía de casa agora berrava pra não ficar nele. Então peguei a Bia no colo e lá fomos nós fazer as compras: cestinha em uma mão, bebê na outra. E como foi PÉSSIMA a ideia de levar o carrinho! Tive de empurrá-lo com o pé! E, enquanto isso, nossa pequena diva, sempre muito simpática, ia acenando para todo mundo com um grande sorriso digno das misses, rsrs

Foi um passeio bem cômico, pois, fora a trapalhada, a Bia brincava de esconde-esconde com todos a sua volta. Suas mãozinhas agarravam tudo que conseguiam alcançar em um piscar de olhos. Foi uma festa, admito. Mas percebi algo curioso: quando é um homem atrapalhado com um bebê, ninguém oferece ajuda. Gente, nós também precisamos de ajuda! Rs…

A dica de hoje é: Slings!! Tenha sempre um à mão. Principalmente quando for ao mercado. Em breve faremos um post especial sobre Slings.

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail